Entrepreneurship in Canada - Small Businesses

Updated: Jun 5, 2019

By Marcia Stipanich


The decision to become an entrepreneur, especially in a foreigner country, is not easy to be made. But, it's worth each gray hair and I'll tell you why.


It is well known that most of the companies fail or go bankrupt in the beginning, it is also well known that the revenue, if any, is limited in the early stages (years) of the business, and to combine it with a new language, lack of friends and family (emotional support), is not an easy thing to do, but it is possible. The three main items that suppose to be challenging for new entrepreneurs are listed below:


Bureaucracy

Trust me, that's the easy part, or even nonexistent! As a non-PR (Permanent Resident), anybody can easily open a Master Business License as a Parnership, Soleproprietorship, or even an Incorporated - with a percentage smaller than 50%. As a PR, this is even easier because it is possible to participate with +50%. It is not really bureaucratic, and yet, the first two mentioned are completely linked to personal taxes, which simplify tax filing and paying fees.


Culture

This is the hardest part. Being a foreigner (Brazilian like me or from another culture), when arriving in Canada it is not easy to change the actual mindset, with all past experiences, with the background from so many years. It is like changing the body reflex, it requires time and training.

A summary of the cultural changes to face would be: change the ways of approaching someone, the reasons why someone accepts talking to someone or to trust someone, also changes the way people relate to each other, and also changes the way people relate to work and family.

It is difficult and takes a while to fit into the new culture here. My advice to such cases is to prepare yourself twice when opening a company unless your audience is exclusively for the first line of immigrants.

When we take Culture out of the game, there is only one way to decide which purchase is different. And here comes the next and perhaps most important item.


Business plan

A great idea just is not enough. It is core to investigate if there is a market if there is a desire, and to understand substitutes before launching something. Time and resources (financial and personal) will be the foundation of this new company, and planning this phases, in the long run, will make the world difference to prepare an entrepreneur emotionally for the entire - long - learning curve. In the existence of analysis, there is the possibility of errors, the lack or nonexistence of it, is to rely only on luck, it is like walking in the storm blindfolded.


Result

After the storm, and the gigantic challenges, you look ahead and see endless possibilities that this country and the USA (on the side) makes it possible, looking back, you see that you were able to overcome all this, or that you have learned so much in this life. Day by day building our own way, with independence and claw. The journey is really good, and I love it a lot. I'm free, I'm doing something nobody else did, not this way, I'm innovating on my own way and I share this every day with my pillow and my thoughts. It didn't kill me, just made me stronger. I mean, do you want to be happy? Start a Business in Canada!


About Marcia Stipanich

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/marciastipa/?locale=en_US

Website: https://marciastipanich.weebly.com


About SFI-Tech:

Watch what we do: https://www.youtube.com/watch?v=7co_cgb4UBQ

Website: https://www.sfi-tech.com/

Instagram: https://www.instagram.com/sfitech/ ou @sfitech

Twitter: https://twitter.com/sfi_tech ou @sfi_tech

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/sfi-tech/

Facebook: https://www.facebook.com/sfitechca ou @sfitechca



________________



Empreendedorismo no Canadá - Small Business



Por Marcia Stipanich


A decisão de tornar-se um empreendedor, especialmente em um novo país, não é uma decisão fácil, mas vale a pena e vou te falar porque.

É sabido que a maior parte das empresas entra na falência no começo, é sabido que o revenue, se existe, é limitado nos primeiros anos, e juntar tudo isso com um novo idioma, à falta de amigos e família (apoio emocional),


Burocracia

Essa é a parte fácil, ou até mesmo inexistente. Como não PR você facilmente abre uma Master Business License com uma Parnership, Soleproprietorship, ou até mesmo numa incorporada com percentual menor que a metade. Como PR, isso é ainda mais fácil, pois é possível participar com 50% ou mais na ultima mencionada. É fácil, é rápido, não é burocrático, e ainda, as duas primeiras estão completamente ligadas à pessoa física, o que ainda facilita a declaração de impostos.


Cultura

Essa é a parte difícil, o extrangeiro (brasileiro como eu ou de outra cultura), vêm com um mindset, com experiências, com um bagagem. É como mudar o reflexo corporal, requer tempo e treino.

Um resumo seria: mudam-se as formas de se fazer o approach a alguém, os motivos pelos quais esse alguém aceita falar contigo, e confia em você primeiro para após isso confiar em seu produto, muda a forma com que as pessoas se relacionam durante o horário de trabalho, e também muda a forma com que as pessoas se relacionam com o trabalho e com a família.

É difícil e toma um certo tempo até se adequar a cultura daqui. O meu conselho para esses casos é se preparar duas vezes quando for abrir uma empresa, a não ser que o seu público seja exclusivamente os imigrantes. Digo isso pois até os filhos deles serão resultados do "efeito Canada".

Quando tira isso, sobra somente a forma de decidir a compra que é diferente.. E aí vem o próximo e talvez mais importante item.


Plano de negócios

Uma ideia apenas não é o suficiente. É preciso entender se há mercado, se há desejo, entender os substitutos antes de sair lançando algo. Você vai precisar de tempo, de recursos (financeiros e pessoais), e planejar isso a longo prazo vai te fazer a total diferença e te preparar emocionalmente pra toda essa curva de aprendizado. Na existência da análise, há possibilidade de erros, a falta ou inexistência dela, é confiar apenas na sorte, como andar na tempestade de olhos vendados.


Resultado

Passada a tempestade, e os desafios gigantescos, você olha pra frente e vê possibilidades infinitas que esse país e os USA aqui do lado possibilita, olhando pra trás, você vê que foi capaz de vencer tudo isso, ou que aprendeu demais nessa vida. Dia a dia construindo seu próprio caminho, com independência e garra. O que vale mesmo é a jornada, e eu amo muito tudo isso. Eu digo, quer ser feliz? Empreenda no Canadá!

99 views
  • LinkedIn - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Need more details? Contact us!

Our team will be glad to hear from you!

© 2020 by Federation of Canadian-Brazilian Businesses